terça-feira, março 27, 2007

Selassié No Brasil (por Re I Jah)


O I-rmão Re I Jah solicitou uma matéria para ser postada no blog, sobre a visita de Hailé Selassié ao Brasil em 1960.
MATÉRIA ORIGINAL EM:
http://www.massivereggae.cjb.net



JAH NO BRASIL


Sua Majestade Imperial Hailé Selassié I veio ao Brasil em dezembro de 1960 em missão diplomática. Veja como foi:

12 de dezembro - Selassie desembarca em Recife em uma aeronave da Ethiopian Airlines, acompanhado pela eta Aida Desta e os vinte e cinco integrantes da sua comitiva.

13 de dezembro - Partida para Brasília. Audiência no Palácio da Alvorada com o presidente Juscelino Kubitschek (foto acima: José Pereira Rocha). Visita o Congresso Nacional e o STF (Superior Tribunal de Justiça).

14 de dezembro - Sobrevoa a capital em companhia de JK. Embarque para São Paulo. Audiência com o governador Carvalho Pinto. Encontro com lideranças populares no ABC. Começa a receber notícias sobre um golpe militar que estava acontecendo na Etiópia.

15 de dezembro - Obrigado a voltar a seu país para controlar o golpe. Levanta vôo ao raiar do dia.

Haile Selassie I e o presidente brasileiro Juscelino Kubitschek"

Sua agenda ainda previa uma visita ao Rio de Janeiro, onde iria oferecer uma grande recepção ao presidente JK no Copacabana Palace, o mesmo local em que, vinte anos depois, Bob Marley se hospedaria. A rebelião na Etiópia seria controlada em menos de dois dias. Três anos depois ele iria patrocinar a primeira reunião da Organização da Unidade Africana, em Addis-Abeba, capital etíope. Em 1974 Haile Selassie I seria derrubado por militares de inspiração cambojana que mergulharam o país em um banho de sangue. O imperador foi assassinado covardemente em 1975, asfixiado com o próprio travesseiro.

Selo comemorativo da visita de Selassie

POSTADO NA COMUNIDADE DO ORKUT POR
"RE I JAH"
comunidade no orkut
MATÉRIA ORIGINAL EM:
http://www.massivereggae.cjb.net



-Avaliação por Lij 'Moa Anbesa-

Quando Selassié estava no Brasil, recebeu as notícias de um golpe. Mas não é por isso que deixou de cumprir seus compromissos.Cumpriu todos e manteve imensa calma, o que surpreendera todos. Quando chegou na Etiópia os rebeldes já tinham tomado o palácio verde e matado muitos guardas. Eles ainda planejavam coroar o Filho de Selassié (Asfa Wossen) como novo Imperador. O exército conseguiu conter tudo em 3 dias, em batalha contra os rebeldes. A maioria foi morta. Selassié lamentou muito o caso, e se mudou de Palácio. O Palácio antigo foi transformado em uma Universidade de Sucesso, como pode se ver na foto abaixo:



O Texto também fala:
" O imperador foi assassinado covardemente em 1975, asfixiado com o próprio travesseiro."
Hailé Selassié não foi morto, ele teve um desaparecimento misterioso. Alguns diziam que Ele pediu autorização para ir à uma igreja. No primeiro dia Ele foi e voltou, no segundo também.No terceiro ele foi mas não voltou, nunca mais o viram.Existem várias versões, mas a verdade ninguém sabe.Cada um acredita em algo. Quem sabe Ele não esteja em algum lugar, longe da Babilônia, esperando o dia em que julgará todos...

Que a Luz esteja com Eu & Eu! Jah RastafarI!

Marcadores:

2 Comments:

Blogger leovidigal said...

Olá, aqui é Leo Vidigal, que escreveu a matéria sobre Sua Majestade Imperial no Brasil. Primeiro gostaria apontar que a matéria está em http://www.massivereggae.cjb.net . Não vejo mal que o texto seja copiado se é por uma boa causa, mas seria de bom tom ao menos mencionar a fonte.
Sobre seus comentários: esse texto foi escrito há dez anos, pode ser ampliado, existe material sobre os encontros de Sua Majestade com lideranças populares em São Paulo que certamente seriam bastante esclarecedores. Quem se habilitar basta procurar nas bibliotecas pelos jornais do ABC dos dias em que Sua Majestade esteve aqui, prestaria um grande serviço. Para fazer essa matéria fiquei dois dias na Biblioteca Nacional do Rio consultando microfilmes. Lá devem ter os jornais do ABC, mas na época não os achei.
Sobre o primeiro comentário, não disse que Sua Majestade "não cumpriu seus compromissos", apenas que ele teve que ir embora antes do tempo. Mencionei a recepção no Copacabana Palace que ela foi citada em um jornal carioca, o extinto Correio da Manhã. Sobre a sua suposta morte, não quero entrar nessa questão teológica, não sou um rasta praticante, mas sempre agradeço a Ele, embora não seja religioso. Para falar de seu suposto falecimento, me baseei em fontes da imprensa que diziam terem sido achados alguns ossos que haviam "provado" ser do Imperador, mas admito que essa não é a melhor fonte. Não creio que tenha desrespeitado a figura de Sua Majestade. Não acho que tenhamos que "acreditar" ou não em sua divindade, talvez pensar no que isso implica nos conceitos que temos de "homem" e "divindade". Enfim, divago, mas isso é pra mim questão mais complexa do que parece.

6:11 PM  
Anonymous Samantha said...

galeraaa....
desculpa pela pergunta aqui.. mais eu to muito curiosa querendo saber...
se algum irmão puder me ajuda...

o que significa

JAHHHH RASTAFARI SELASSIÉ!

e da onde q surgiu esse nome??

God bless

10:26 PM  

Postar um comentário

<< Home